Felipe Lacerda - o escritor que diz Ni

Fevereiro 14 2010

 Seu cabelo está péssimo hoje. Vamos começar na futilidade. É a futilidade que se encarrega de maestrar a sinfonia dos ignorantes. 

Você aí não precisa gostar. É sério. Quando pedi sua opinião, 48 horas atrás, você disse que ela não servia.

Ora essa, ela serve perfeitamente. Mais que isso, ela existe de forma única pra mim.

 

Melhor que você, não acha? 


Uma massa disforme de senso comum.

 

Volta pro esgoto, baby. VÊ se alguém ainda te quer.

 

E quando quiser falar de amor, converse comigo.

Dessa merda eu entendo.

 

Adeus.

publicado por Felipe Lacerda às 16:46

kkkkkkkkkkkk
já está com calos na mão.
^;^ a 14 de Fevereiro de 2010 às 22:36

Alto, loiro, sarcástco, finamente irônico, ator, escritor, ano 87, à alcool, sére luxo, estofado de couro, rodas de liga leve, direção hidráulica...
O Autor
comentários recentes
Muito bom o seu post. A poesia é alog que sempre v...
Na boa cara, muito pomposo este seu artigo, mas v...
Adoro este blog e já o leio à alguns dias a acompa...
Eu não sei quem sou e você sabe quem é? E se não s...
"A poesia é a música da alma, e, sobretudo, de alm...
deve se orgulha sim você é o OVULOZORD Da turma a ...
Como vc num deu nome aos bois, vou concluir que fo...
Como estabelecido entre o conselho nobre... aqui e...
Aquela do "rédeleibou ou aici" é pior... Vai por m...
http://poecinzas.blogspot.com/2009/09/uma-carta-pa...
pesquisar