Felipe Lacerda - o escritor que diz Ni

Novembro 05 2009

Inventar soluções é corromper problemas.

Descobrir segredos é desmoralizar mistérios.

Atear fogo é acelerar processos

Queimar a árvore é destruir a semente

sanar a doença é assassinar o vírus

amar-se demais é querer-se de menos

Amar-se de menos é sinal de auto-conhecimento

e nos carregaremos de auto-ironia até o fim dos tempos.

 

Descobriremos sutilezas nos velhos sonetos

que tínhamos visto antes

E saberemos que Camões era só alguém como nós

que sofria.

Desbravaremos o universo para continuermos lutando

as mesmas lutas que lutamos antes

só para descobrirmos que somos mais que macacos

somos mutantes.

 

Mas um vírus é sempre um vírus.

Um beijo é sempre um beijo.

O nada é sempre nada.

A dor é sempre dor

e só isso.

Nós é que, por egolatria ou burrice,

sempre somos tudo.

Um sonho é sempre um sonho

e um pesadelo é sempre uma noite mau resolvida

 

Só o amor, esse inútil, é que não sabemos do que se trata.

 

 

 

* Rabisquei essas frases mais ou menos nesta mesma ordem no guardanapo de uma mesa, ouvindo o canto irritante de um galo velho dizer para mim que a noite é noite o dia é dia.

Idéia ilusória de dicernimento fácil, como de não houvesse a madrugada, metade noite, metade dia. Às três da manhã sua mente desperta, mas o corpo continua dormindo.

 

publicado por Felipe Lacerda às 17:03

Alto, loiro, sarcástco, finamente irônico, ator, escritor, ano 87, à alcool, sére luxo, estofado de couro, rodas de liga leve, direção hidráulica...
O Autor
comentários recentes
Muito bom o seu post. A poesia é alog que sempre v...
Na boa cara, muito pomposo este seu artigo, mas v...
Adoro este blog e já o leio à alguns dias a acompa...
Eu não sei quem sou e você sabe quem é? E se não s...
"A poesia é a música da alma, e, sobretudo, de alm...
deve se orgulha sim você é o OVULOZORD Da turma a ...
Como vc num deu nome aos bois, vou concluir que fo...
Como estabelecido entre o conselho nobre... aqui e...
Aquela do "rédeleibou ou aici" é pior... Vai por m...
http://poecinzas.blogspot.com/2009/09/uma-carta-pa...
pesquisar