Felipe Lacerda - o escritor que diz Ni

Agosto 17 2009

Primeiro de tudo, queria dizer que o tal "TADEU" que deixou comentário no blog não sou eu, ao contrário do que imaginaram alguns leitores (Viu, Cochise e Mariana!).  Inclusive, aquele link não me levou a lugar nenhum (ou a um belo vírus, vai saber). De qualquer forma, desaconselho o clique. Não arrisquem. Só não deletei o comentário por preguiça.

E agora, senhores caríssimos leitores, a aputa de hoje: Nada mais publicitário que o abandono. Os comentários e e-mails pipocaram no blog sobre o último post. Choveu condolescência.

Bom, primeiro... eu agradeço. Excetuando o enigmático comentário do Cochise (o que será que ele quis dizer?), eu entendi todos e aceitei alguns com delicada atenção (Fau, quanto custa a passagem pra Salvador mesmo?).

Brigadão pelo apoio e queiram desculpar minha falta de tato.

E meu coração, embora aberto certas vagas, ainda está meio receoso quanto a novos inquilinos.

Como se o medo agora invertesse. Antes as frutas caíam ainda verdes nesse pomar aqui. Depois passaram a cair, como diz vovó, "de vez";

Agora, essa última, caiu madurinha e gostosa, boa pra chupar.

Pensando bem, acho que entendi agora o que o Cochise quis dizer.

publicado por Felipe Lacerda às 13:57

1- Não achei que fosse vossa mercê. apenas comentei que era evidente que o tadeu era o próprio propagandista ao invés de um terceiro, como desejava parecer.

2 - O comentário enigmático é uma interjeição de espanto e incredulidade. A reação comum quando o que é sólido desmancha no ar.

3 - Minhas condolências nobre senhor. Foi algo realmente inesperado e chocante. Espero que sua renomada resistência física e psíquica seja o bastante.
cochise a 17 de Agosto de 2009 às 17:13

rsrsrs Você é uma figura, Felipe...

Amei a poesia, copiei e salvei aqui nos meus arquivos...

Um abraço,
imcomprendida a 18 de Agosto de 2009 às 00:34

Que falta de graça! Já ia adicionar o Tadeu no msn. kkkk
Gostei do nome. Só isso.

Nessa bagunça que você tá fazendo com as frutas aí, cuidado para você não pisar na jaca. =)
Que moranguinhos não faltem no seu pomar!
Mariana Martins. a 18 de Agosto de 2009 às 22:55

Alto, loiro, sarcástco, finamente irônico, ator, escritor, ano 87, à alcool, sére luxo, estofado de couro, rodas de liga leve, direção hidráulica...
O Autor
comentários recentes
Muito bom o seu post. A poesia é alog que sempre v...
Na boa cara, muito pomposo este seu artigo, mas v...
Adoro este blog e já o leio à alguns dias a acompa...
Eu não sei quem sou e você sabe quem é? E se não s...
"A poesia é a música da alma, e, sobretudo, de alm...
deve se orgulha sim você é o OVULOZORD Da turma a ...
Como vc num deu nome aos bois, vou concluir que fo...
Como estabelecido entre o conselho nobre... aqui e...
Aquela do "rédeleibou ou aici" é pior... Vai por m...
http://poecinzas.blogspot.com/2009/09/uma-carta-pa...
pesquisar