Felipe Lacerda - o escritor que diz Ni

Fevereiro 13 2009

 

NOMENCLATURA
(Felipe Lacerda e Amanda Aguiar/ Borboleta Mecânica)
 
 
Como se soma duas metades?
E só se encontrar depois
Que violar a embalagem
 
Eu sei como juntar dois inteiros
E mesmo sendo cada um de nós um terceiro
Sei grudar-nos e fazer-nos vários
Parindo que nem limoeiro
 
Como se conta um segredo entre dentes
Desses que a gente nem sente
E chora por pouca bobagem?
 
Mas não sei como se chora de verdade
Em ombros de gente desconhecida
Quase me derrubando em um peito rasgado
Quero cair em você
Me ensina?
 
Vamos contar conchinhas
Vamos dançar de alegria
Vamos ser pura vaidade
Vamos andar só pra frente
Poetizar como a gente
Só pra quem for de verdade
 
Grita que o beijo acabou
Em nossa língua ficou
Um gosto de final de tarde
 
O sabor em tarde duma vida tardia esfriou
O beijo roubado ainda não dado
O abraço mal abraçado que para uma tarde
De um próximo dia deixou
 
Fogo do corpo apagou
Fogo na boca ficou
Pra alimentar a saudade
 
Que você
Em mim
Meio a contragosto
Alimentou
 
Vamos contar conchinhas
Vamos dançar de alegria
Vamos ser pura vaidade
Vamos andar só pra frente
Poetizar como a gente
Só pra quem for de verdade
 
                   (Hey!)
 
e percebo que não importa saber
como juntar
como somar meias metades
ou segredar sobre idades
como amenizar a dor de dois feridos
calejados
mal ouvidos
tomados de insanidade
duvido
sê-la não-vaidade
 
é questão de necessidade
ser metade livre
e ser, também, meio leve
meio que carregue as plumas
para onde vento nenhum consegue
 
eu vou me jogar
sem me importar
com o juízo
 
eu vou pular
vamos arcar
eu aviso
 
eu vou me dar
queria que fosse sem avisar
mas há guizo
 
O poeta e a poetiza
O guri e a guria
POESIA DANDO CRIA!
publicado por Felipe Lacerda às 12:31

Alto, loiro, sarcástco, finamente irônico, ator, escritor, ano 87, à alcool, sére luxo, estofado de couro, rodas de liga leve, direção hidráulica...
O Autor
comentários recentes
Muito bom o seu post. A poesia é alog que sempre v...
Na boa cara, muito pomposo este seu artigo, mas v...
Adoro este blog e já o leio à alguns dias a acompa...
Eu não sei quem sou e você sabe quem é? E se não s...
"A poesia é a música da alma, e, sobretudo, de alm...
deve se orgulha sim você é o OVULOZORD Da turma a ...
Como vc num deu nome aos bois, vou concluir que fo...
Como estabelecido entre o conselho nobre... aqui e...
Aquela do "rédeleibou ou aici" é pior... Vai por m...
http://poecinzas.blogspot.com/2009/09/uma-carta-pa...
pesquisar