Felipe Lacerda - o escritor que diz Ni

Agosto 08 2008

Você não é o que você come. Você não é o que você lê. Você não é nem a porra do que pensa. Você nem sequer pensa. Você pode ter um blog sobre moda ou sobre física quântica, mas isso yambém não diz muito sobre voce. Seu RG, por favor. O meu: Cidadão número 14.872.340 se apresentando, senhor. Pode ser que você não se julgue capaz de escrever, por isso fica por aí se deliciando com os blogs dos outros, o que outros escreveram, outros que não são você e (como você) nem sabem quem você é mesmo que almoce ao seu lado todo dia de sua vida. Você tem um e-mail, tem computador, um celular e TV à cabo. Você tem livros de filosofia e revistas de fofoca. Tem discos e filmes, talvez de funk, rock ou MPB. Quem sabe música clássica. Você passa o dia pensando coisas profundas e discutindo coisas profundas, ou talvez passe duas horas se masturbando no banheiro, pensando em coisas profundas.

E você tem um emprego, tem um carro, uma namorada, uma esposa, uma família perfeita, pais, irmãs, talvez um cachorro ou um gato que mia preguiçoso toda vez que te vê passar e fica rodeando suas pernas enquanto você assisti TV. E nessa TV talvez assista só coisas interessantes, talvez assista o que estiver passando pra distrair a mente, afinal você merece uma alienação de vez em quando, certo? Ou simplesmente, talvez você esteja apenas esperando aquela notícia no telejornal de que o mundo está acabando. Ou quem sabe você goste de ficar apenas trocando de canal, todas aquelas informações inúteis se sobrepondo em seu campo de visão, uma estranha psicodelia que te distrái enquanto o sono não vem e você precisa anestesiar a mente ou a consciência não vai lhe deixar dormir. Sim, meu amigo, porque perguntas não calam. 

E Você sabia que com um spray anti-ferrugem e um isqueiro dá pra fabricar um lança chamas?

Pense nisso.

 

E antes de ir dormir o sono dos inocentes: Já se perguntou o maior lugar comun de todos?

QUEM RAIOS É VOCÊ, AFINAL?

publicado por Felipe Lacerda às 18:30

Pra q eu iria querer um lança-chamas?
Bárbara a 8 de Agosto de 2008 às 19:33

Eu não sei quem sou e você sabe quem é? E se não somos o que comemos, nem o que lemos, nem o que pensamos, o que define quem eu sou então? Sim, porque podemos não saber, mas um dia encontramos essa resposta e ela vai vir de algum lugar, tem alguma teoria de onde ela viria?

E ah, pra q eu ia querer um lança chamas? e porque o lança chamas tá no meio desse post q fala sobre oq somos?
Anyele a 25 de Agosto de 2010 às 19:54

Alto, loiro, sarcástco, finamente irônico, ator, escritor, ano 87, à alcool, sére luxo, estofado de couro, rodas de liga leve, direção hidráulica...
O Autor
comentários recentes
Muito bom o seu post. A poesia é alog que sempre v...
Na boa cara, muito pomposo este seu artigo, mas v...
Adoro este blog e já o leio à alguns dias a acompa...
Eu não sei quem sou e você sabe quem é? E se não s...
"A poesia é a música da alma, e, sobretudo, de alm...
deve se orgulha sim você é o OVULOZORD Da turma a ...
Como vc num deu nome aos bois, vou concluir que fo...
Como estabelecido entre o conselho nobre... aqui e...
Aquela do "rédeleibou ou aici" é pior... Vai por m...
http://poecinzas.blogspot.com/2009/09/uma-carta-pa...
pesquisar